Roteiro de 4 dias no Deserto do Atacama

O Deserto do Atacama é um daqueles destinos inesquecíveis, com paisagens únicas e passeios muito diferentes, um lugar que todo viajante deveria conhecer. Em junho de 2017, tivemos o privilégio de visitar esse lugar especial e voltamos para casa com muitas boas lembranças. Confira o nosso roteiro de 4 dias no Deserto do Atacama.

Reserve já o seu hotel no Atacama e garanta os melhores preços!

O Deserto do Atacama fica ao norte do Chile e faz fronteira com a Bolívia e a Argentina, para chegar até lá é preciso pegar um voo de Santiago para Calama e em Calama pegar um transfer até o vilarejo de San Pedro do Atacama.

DICA IMPORTANTE: 

Durante toda a nossa viagem ficamos conectados graças ao chip de internet da EASYSIM4U. Adquira o seu aqui e tenha internet ilimitada em sua viagem.

Se você quer dicas básicas do Atacama (quando ir, como chegar, onde ficar, onde comer e o que fazer) leia:

DESERTO DO ATACAMA: DICAS E INFORMAÇÕES

Nosso roteiro no Atacama foi de 4 dias inteiros e mais dois dias de deslocamento (chegada e partida), tente montar seu roteiro sem contar os dias de deslocamento. Nós ficamos 4 dias, mas acredito que o ideal seria ficar 6 dias inteiros, assim acho que conseguiríamos fazer todos os passeios que desejávamos. Como ficamos apenas 4 dias, tenho desculpas de sobra para voltar em breve.

 

Chegada no Atacama

Depois de enfrentarmos quase um dia inteiro de viagem, chegamos no Atacama de madrugada, por volta da meia noite e só deu tempo para nos acomodarmos no nosso hotel, o Hostal Pueblo de Tierra.

Um hotel de boa qualidade para o Atacama, quarto confortável, com aquecedor muito bom, não tivemos problemas com o frio no quarto, área externa bonita com piscina, café da manhã simples com pouca variedade e infelizmente tivemos um problema com o chuveiro que não aquecia direito no primeiro dia, mas foi resolvido nos demais dias de hospedagem.


Dia 1: Termas e Valles

Em nosso primeiro dia no Atacama já tínhamos um passeio programado para o período da manhã, acordamos por volta das 7hs, tomamos o café da manhã e ficamos aguardando a agência nos buscar no hotel. Nós fizemos todos os nossos passeios pelo Deserto do Atacama com a Agência Ayllu Atacama e gostamos muito.

Em San Pedro de Atacama existem inúmeras agências para a realização de passeios, com os preços dos mais variados, porém o Blog Vivi na Viagem indica a Ayllu Atacama, pela qualidade do atendimento, por possuir carros próprios, guias especializados, experiência no atendimento ao público brasileiro, além dos serviços estarem em um nível mais elevado do que a concorrência.

O lanche, o almoço e o braunch com direito a vinho, ceviche, camarão, entre outras opções é simplesmente sensacional. Nos passeios em que mergulhamos nas lagoas e piscinas a agência oferece roupões para aquecer…. Simplesmente uma prestação de serviço de altíssima qualidade!!!

DICA IMPORTANTE:  

Contrate um Seguro Viagem e fique tranquilo para aproveitar o destino dos seus sonhos. O Vivi na Viagem é parceira da Seguros Promo e te garante 5% de desconto com o código promocional: VIVINAVIAGEM5.

Por volta das 9hs a van da agência passou para nos pegar no hotel e partimos para as Termas de Puritama, que fica a aproximadamente 30km de San Pedro do Atacama. As Termas de Puritama são um verdadeiro oásis no Deserto do Atacama. No local existem 8 piscinas termais com águas quentinhas e transparentes, 1 de uso exclusivo do Hotel Explorer e as outras livres para todos os visitantes. Ficamos por nas Termas por 2 horas aproveitando as espetaculares piscinas.

Depois fizemos uma pausa para o almoço, que foi oferecido pela Agência Ayllu Atacama. O cardápio foi ceviche de salmão, espetinho de camarão, espetinho de queijo, bolo, croissant, espetinho de queijo e frutas, além de vinho, água e refrigerante.

A tarde fomos conhecer o Valle de la Luna e o Valle de la Muerte, esse passeio tem duração de aproximadamente 4 hs. Um passeio muito bonito, onde podemos caminhar literalmente pelo deserto, passando pela Duna Mayor, pelas 3 Marias e pelo Anfiteatro.

No fim da tarde, fomos para o Valle de La Muerte onde assistimos ao lindíssimo pôr do sol com vista para o vulcão Licancabur, Cordilheira dos Andes e o Valle de La Muerte.

Ao fim do passeio, um saboroso braunch oferecido pela Agência Ayllu Atacama encerrou o dia com chave de ouro. No cardápio: sanduíche de atum, espetinho de frango com abobrinha, bolo, docinho, vinho, água, refrigerante e suco natural.

Para fechar o primeiro dia, encontramos com alguns amigos blogueiros que também estavam no Atacama. Uma noite muito bacana com pessoas lindas: Cris do Raízes do Mundo, o Gui do Quero Viajar Mais, a Carla do Fui Gostei e Contei, Para Onde Fomos e Vamos Comigo.

Dia 2: Lagunas

Nosso segundo dia no Atacama foi dedicado as lagunas de sal, onde a gente entra, mas não afunda devido à enorme quantidade de sal na água. Confesso que estava ansiosa por essa experiência e a minha expectativa foi superada. Nesse dia também tiramos as fotos mais lindas da viagem (a meu ver rsrsrs) e tivemos a ilustre presença do Michael, dono da Agência Ayllu Atacama. O Michael é um amor de pessoa, super animado e tira lindas fotos.

As Lagunas Escondidas ficam a aproximadamente 45 minutos do centro de San Pedro de Atacama, no meio do deserto e possuem 7 lagoas, sendo que em 2 podemos entrar. Nós dois (André e Eu) fomos os únicos que tivemos coragem de entrar nas lagunas, estava muito frio e ninguém mais teve coragem. Devido à alta quantidade de sal, não afundamos na água e ficamos apenas boiando, é uma sensação incrível.

Como sempre o passeio terminou com um almocinho delícia oferecido pela Agência Ayllu Atacama, no cardápio risoto de quinoa com carne e salada variada. Para beber vinho, água, refrigerante e suco natural.

A tarde fomos conhecer a Laguna Cejar, Ojos del Salar e a Lagoa Tebinquiche. Começamos com banho na Laguna de Piedra (alta quantidade de sal e também ficamos boiando), depois fomos apreciar a beleza da Laguna Cejar, bem mais conhecida, porém não é permitido a entrada para banho. Ficamos tirando algumas fotos com o visual belíssimo da laguna.

Depois seguimos para o incrível Ojos de Salar, dois poços de águas doces enormes no meio do deserto. Lá o Michael tirou essa foto irada, que eu simplesmente amei. Existe a possibilidade de mergulho, mas ninguém teve coragem de encarar esse mergulho.

Continuando o passeio, fomos para a Lagoa Tebinquiche, nessa lagoa presenciamos um dos mais bonitos pôr do sol da viagem, a coloração do céu e o reflexo das montanhas na água é simplesmente sensacional. Um lugar de beleza única!

O braunch oferecido pela Agência Ayllu Atacama nesse dia foi hambúrguer, queijos, frutas, vinho, água, refrigerante e pisco sour (o Michael nos ensinou a fazer nosso próprio pisco sour). Foi um momento muito agradável e divertido!

Dia 3: Vale do Arco Íris

Como alguns passeios que planejamos estavam fechados por causa da neve, a Agência Ayllu Atacama nos ofereceu outras opções de passeios, nesse dia acabamos fazendo o passeio do Vale do Arco íris e foi uma bela surpresa.

O Vale do Arco Íris fica a cerca de 45 minutos de San Pedro do Atacama, no caminho fizemos duas paradas, uma para apreciar e tirar fotos das Cordilheiras e outra para vermos a neve no deserto. A paisagem fica ainda mais bonita, a mistura do árido com a neve branca faz um contraste lindo.

Quando estávamos quase chegando no Vale do Arco Íris, avistamos algumas lhamas, pedi para parar o carro para vê-las bem de pertinho. Paramos ali no meio da estrada e tiramos várias fotos com as lhamas, algumas fizeram até pose para as fotos. Elas são muito lindinhas!

Vimos também uma linda família de burrinhos na estrada e paramos novamente para tirar algumas fotos. Essa é uma boa região para avistar animais típicos do Deserto do Atacama.

 

Chegando no Vale do Arco Iris, o guia Dani nos deu uma explicação ótima sobre o local e nos deixou caminhar em meio as formações vulcânicas com uma coloração muito bonita (verde, marrom e branco), fomos até a Cachoeira Seca e andamos pela pequena trilha existente no local.

Depois disso, pegamos novamente o carro e fomos para a Yerbas Buenas, onde existem o petróglifos, desenhos e gravuras nas rochas de milhares de anos de existência. Um passeio muito interessante e agradável.

No final do passeio mais um braunch oferecido pela Agência Ayllu Atacama, nesse dia comemos frango com legumes no espeto, queijo, salame, frutas, vinho, suco e refrigerante.

Separamos a parte da tarde para conhecer o centrinho de San Pedro de Atacama, que mesmo sendo bem pequeno é super charmoso. Visitamos a Igreja, a Praça, a Feira de Artesanato e a famosa Rua Caracoles. Vale muito a pena tirar um tempo durante o dia para conhecer o centrinho de San Pedro do Atacama.

Dia 4: Pukara Quito + Tour Astronômico

O último dia foi reservado para conhecer o famoso Geiser El Tatio, uma nascente termal que entra em erupção periodicamente, lançando uma coluna de água quente e vapor de ar. O passeio completo ao Geiser El Tatio estava fechado na época que estávamos no Atacama, devido a intensidade de neve na estrada. Dessa forma, fizemos o que apelidamos de Semi Geiser, mas já informo que valeu muito a pena.

Chegamos até 4.300 metros de altitude no meio do deserto e com muita neve por todos os lados, a temperatura chegou a 0 graus com sensação térmica inferior a isso. Passamos pelo Vale do Putana, Vale dos Cactos e Mirante do Canhão de Puritama.

Nesse passeio podemos apreciar diversos animais típicos da região como os flamingos, vicunha, viscacha, entre outros.

Avistamos também um pequeno vilarejo chamado Pueblo Machuca, local onde vivem pouquíssimas famílias em casinhas de barro com telhado de palha, o povoado tem apenas uma rua principal e uma igrejinha no alto da montanha. Eles vendem alguns itens de artesanato, empanadas, churrasco de lhama e ervas.

A tarde como ficamos com tempo livre, decidimos fazer um passeio de bike muito comum no Atacama. Alugamos duas bikes na Rua Caracoles com a simples apresentação da nossa identidade e iniciamos o nosso tour. Para facilitar o nosso passeio, recebemos um mapa com os principais pontos que as pessoas visitam de bicicleta e lá fomos nós.

O nosso destino foi Pukara Quitor e o Mirador, o local fica a cerca de 20 minutos do centrinho, confesso que ficamos bem cansados, devido ao nosso pouco costume na realização de atividades físicas, além disso como existe um pouco de altitude em Atacama, o cansaço foi ainda maior.

Fizemos as duas trilhas do lugar, uma de 15 minutos até o Pukara Quitor e a outra de 30 minutos de subida até o Mirador, neste ponto temos uma linda vista do vulcão Lincacabur.

Para encerrar o nosso roteiro no Atacama com chave de ouro, a noite fizemos o Tour Astronômico. San Pedro de Atacama é um dos melhores pontos de observação de estrelas do mundo, por isso esse é um tour indispensável no seu planejamento. Vale destacar a beleza do céu estrelado, que é realmente indescritível, a utilização dos telescópios aumenta a qualidade do passeio e as explicações técnicas são muito interessantes e enriquecem o passeio.

Um detalhe muito importante é o frio intenso nesse tour, isso porque a temperatura cai demais no período noturno no Atacama e ficamos expostos ao tempo durante todo o período de contemplação e explicação, então não deixe de ir muito agasalhado.

No dia seguinte bem cedo era hora de dizer adeus a uma das viagens mais incríveis que já fizemos na vida. Saímos de lá com a certeza, que valeu muito a pena e que pretendemos voltar em breve.

# PARA FACILITAR A SUA VIAGEM # 
- Encontro o hotel ideal para sua viagem no Booking.com e garanta o melhor preço na sua hospedagem. 
- Não deixe de fazer o seguro viagem com a Seguros Promo e viaje tranquilo. Utilizando o nosso código promocional (VIVINAVIAGEM5), você ganha 5% de desconto. 
- Alugue um carro pela RentCars e faça seu próprio tempo e roteiro na sua viagem.

- Fique conectado em toda sua viagem com da EASYSIM4U. Adquira o seu aqui e tenha internet ilimitada em sua viagem.

Anteriores

Mirante Dona Marta

Próximo

Onde comer em Búzios

24 Comentários

  1. Bacana demais pessoal, o que é aquele céu estrelado nas últimas fotos?? Quero muito visitar o Atacama, e esse roteiro está muito bem feito. Parabéns!

  2. Ai Vivi, nem preciso repetir que esse lugar tá me chamando rsrs.. Que fotos lindas! Que lugar sensacional! E a pose lendo jornal é a melhor!

  3. Estou aqui babando com todos esses agradinhos da agência Ayllu Atacama, hum, parece muito bom. Estamos querendo ir para lá logo e este post já será salvo por mim. Obrigada pelas dicas!

  4. Lindas suas fotos do Deserto do Atacama, já foi em outros desertos mais esse parece ser bem diferente dos que eu conheço.

  5. Vivi, amei seu roteiro! Sou louca pra fazer uma viagem destas também. Deve ser uma experiência incrível. E olha, que espetáculo que tá esse post viu.. Uma foto mais maravilhosa que a outra. Arrasou demais! Parabéns!

  6. Primeiro quero dizer que as fotos estão lindas! Segundo que eu concordo: o Atacama é lugar inesquecível! Estive aí há muitos anos e ao que parece pelo que li aqui que era bem mais roots quando fui!

    Preciso voltar para viver algumas dessas experiências que você relata! 🙂 bj

  7. Nossa que legal Vivi…ainda não estive por lá mas vejo que cada canto é uma paisagem diferente e as fotos focam incríveis. Dicas anotadas.

  8. Vivi, acompanhei sua viagem pelo Insta e fiquei babando com essas fotos!!!
    Esse lugar e muuuito lindo né!? Não vejo a hora de fazer uma trip pra lá!!

    Ahh… bom saber que o ideal é ficar mais do que quatro dias… Como também quero conhecer o Salar de Uyuni, acho que vou ter que ficar entre 10 e 15 dias… hahaha

    Abraço!

  9. Vou agora em setembro e estou contando os segundos que faltam! Vou ficar um dia a mais que vocês, e com certeza vou incluir todos os passeios que vocês fizeram no meu roteiro o/ Essa foto do tour astronômico ficou linda demais!

  10. Uauuu, que roteiro incrível. Super completo. Gostei muito do tour astronômico, quero fazer!

  11. Esse roteiro tá demais hein Vivi? Adorei! Ainda não conhecemos mas a cada dia aumenta a vontade! Delicia de lugar!

  12. Any chapple

    Muito bacana ! Qto fica uma viagem assim moro no chile stgo

    • Olá, Any:
      Uma viagem para o Atacama não é muito barata. Os passeios precisam ser feitos com as agências locais, o que torna a viagem um pouco mais cara.
      Hospedagem e Alimentação também não são baratas. O custo vai depender muito das suas escolhas de hospedagem, agência de passeio, quantidade de dias, etc. Seria bom fazer um planejamento com antecedência para tentar pegar melhores preços. Bjs,

Deixe uma resposta

vivinaviagem © Copyright 2016 - Todos os direito reservados & Tema por Pontowebsites

Please wait...

Subscribe to our newsletter

Want to be notified when our article is published? Enter your email address and name below to be the first to know.