Roteiro de 2 dias em Ouro Preto

Um destino cheio de história, cultura, arte, encravado em um vale no meio das montanhas, assim é Ouro Preto. É impossível não se apaixonar por essa cidade tão charmosa, repleta de Igrejas, museus e um clima bucólico indescritível. Por isso, fiemos um roteiro de 2 dias em Ouro Preto para compartilhar com vocês.

Conhecemos Ouro Preto em maio de 2017 e amamos cada detalhe desse lugar. Nossa passagem pela cidade foi rápida e deixou um gostinho de quero mais. Por isso fizemos um roteiro de 2 dias para matar um pouquinho da saudade e queremos compartilhar com vocês.

Reserve já o seu hotel em Ouro Preto e garanta os melhores preços!

Roteiro de 2 dias em Ouro Perto

Um pouco de história

Ouro Preto foi fundada pelos bandeirantes no início do século XVII, na época foi chamada de Vila Rica e foi uma das principais áreas do ciclo do ouro em Minas Gerais. Ouro Preto foi muito importante para a história do Brasil, sendo palco de vários conflitos, o principal deles foi a Inconfidência Mineira.

Após a Independência do Brasil, a cidade de Ouro Preto foi reconhecida como cidade imperial e passou a ser chamada de Ouro Preto. Esse nome foi dado devido a coloração que o ouro ganhava por causa do seu contato com o paládio, um tipo de mineral em forma de pó. A cidade chegou a ser capital de Minas Gerais até o ano de 1897, quando Belo Horizonte assumiu o título. Em 1980, a cidade foi tombada como Patrimônio Nacional pela UNESCO.

Hoje em dia, Ouro Preto é uma cidade turística, que recebe milhares de visitantes para conhecer sua história, cultura e arte. A cidade vive sempre cheia e oferece atrativos como Igrejas, museus, minas de ouro e muito mais.

Como chegar

Ouro Preto fica aproximadamente 100 km de Belo Horizonte. Para quem pretende ter BH como ponto de partida é possível chegar a Ouro Preto de carro, ônibus ou transfer. O percurso que dura aproximadamente 1:30h de viagem. Como nós saímos do Rio de Janeiro, o nosso trajeto foi bastante longo, levamos aproximadamente 7 horas de viagem até Ouro Preto.

Fizemos o caminho pela BR 040 e passamos por dentro de Ouro Branco. Demoramos um pouquinho mais no nosso trajeto de ida, no percurso de volta achamos bem mais rápido, pois não entramos na Cidade de Ouro Branco.

Uma dica importante antes de começar o seu roteiro, se puder alugue um carro. Isso vai facilitar a sua viagem e permitir que você aproveite melhor os passeios, fazendo seu próprio tempo e roteiro.

Onde ficar

Ouro Preto oferece opções de hospedagem para todos os gostos e bolsos. Nós escolhemos nos hospedar na Pousada do Mondego, que possui ótima localização, bem no centro histórico e com um estilo colonial muito charmoso. Uma dica muito importante na hora de escolher a hospedagem em Ouro Preto é a localização. Prefira ficar próximo ao centro histórico, onde encontram-se as principais atrações turísticas, comércios e restaurantes. Ouro Preto possui muitas ladeiras e é difícil estacionar nas ruas estreitas e lotadas de carros. Se hospedar próximo ao centro faz toda a diferença.

Pousada do Mondego - Ouro Preto

Dia 1: Centro Histórico, Igreja do Carmo, Teatro e Igreja de São Francisco de Assis

Ao chegar em Ouro Preto, a arquitetura da cidade logo chama a nossa atenção. As lindas casas pintadas de branco com as portas e janelas coloridas, as construções antigas e as ruas de pedra nos fazem viajar no tempo. Parece que entramos em um cenário de novela de época e eu preciso confessar minha paixão por cidades nesse estilo.

Praça Tiradentes

Após nos acomodarmos na Pousada Mondego, partimos para o centro histórico, para ser mais exato fomos para a Praça Tiradentes. O lugar foi palco de diversos conflitos, além disso a praça possui uma estátua de Tiradentes para lembrar que foi o local onde a cabeça do mártir foi exposta. A praça está sempre cheia de turista e existe muita oferta de passeios turísticos no local.

Em uma das extremidades da praça fica o Museu de Ciência e Técnica da Escola de Minas, onde Tiradentes e os outros inconfidentes ficaram presos. A vista desse museu é incrível, pode-se visualizar toda a praça e parte da cidade.

Museu da Inconfidência

Na outra extremidade da praça fica o Museu da Inconfidência, que antigamente abrigava a Casa da Câmara e a cadeia. O ingresso para visitar o museu é R$10,00 e ele abre de terça a domingo das 10h às 18hs. Nós decidimos não visitar o museu, mas ouvimos de dizer que apesar de pequeno a exposição é bem interessante.

Igreja de Nossa Senhora do Carmo

Seguimos pela rua ao lado do Museu da Inconfidência e chegamos na Igreja de Nossa Senhora do Carmo, uma linda construção em estilo rococó, cuja fachada e altares laterais foram criados por Aleijadinho. Para visitar seu interior é pago uma taxa no valor de 3 reais.

Ao lado da Igreja do Carmo está o Museu do Oratório, com um acervo de 162 oratórios e mais de 300 imagens religiosas. O ingresso custa 5 reais e o museu funciona diariamente das 9:30hs às 17:30hs.

Teatro Municipal

Descendo as escadarias da Igreja do Carmo, encontramos com o Teatro Municipal de Ouro Preto, também conhecido como Casa da Ópera. O mais antigo teatro em funcionamento das Américas, foi construído em 1769. Para visitar o interior do teatro pagamos uma taxa de 2 reais.

Igreja de São Francisco de Assis

Para encerrar o nosso dia, fomos conhecer a Igreja de São Francisco de Assis. Classificada como uma das Sete Maravilhas de Origem Portuguesa no Mundo, ela abriga o maior acervo das obras de Aleijadinho e possui o segundo teto mais bonito do mundo (só perde para Capela Cistina no Vaticano), pintado pelo Mestre Ataíde. A visita ao interior da igreja custa 10 reais e funciona de terça à domingo de 08:30hs às 17hs. Para mim foi a Igreja mais linda, que visitei em Ouro Preto. Ela fica ao lado da Pousada Mondego, onde estávamos hospedados.

Igrejas imperdíveis em Ouro Preto pelo Blog Atravessar Fronteiras

Dia 2: Mariana, Igreja do Pilar, Feira de Pedra Sabão

Para começar o nosso segundo dia em Ouro Preto, decidimos fazer um bate-volta, na cidade vizinha Mariana. Levamos aproximadamente 10 minutos de carro até a nossa primeira parada na Mina da Passagem. Um passeio bem interessante para conhecer uma das maiores minas de ouro aberta para visitação no mundo.

O valor do passeio é um pouco salgado, pagamos 68 reais por pessoa pela visita guiada, mas é um passeio muito interessante. O passeio começa em um trolley, uma espécie de trenzinho aberto, que nos leva 120 metros abaixo onde aconteciam as escavações. Dentro da mina, a guia nos explica a história do lugar, nos mostra as escavações, as ferramentas utilizadas na época e o enorme lago natural formado embaixo da terra.

Mariana

Depois pegamos o carro e fomos conhecer o centro histórico de Mariana, levamos mais uns 15 minutos para chegar no local. A principal atração do centro histórico de Mariana são as famosas igrejas gêmeas. A Igreja São Francisco de Assis, projetada por Aleijadinho e local da sepultura de Mestre Ataíde e a Igreja Nossa Senhora do Carmo. As duas são lindíssimas, realmente muito parecidas, mas não são gêmeas idênticas.

Voltamos para Ouro Preto e fomos parando pelo caminho fotografando algumas Igrejas que encontrávamos e nos chamavam a atenção.

Igreja Matriz de Nossa Senhora do Pilar

Paramos na Igreja Matriz de Nossa Senhora do Pilar, a Igreja de Ouro Preto que mais tem ouro na decoração do seu interior e a segunda do Brasil. O ingresso para visitação custa 10 reais e o funcionamento é de terça a domingo das 09hs às 17hs.

Feira de Artesanato

Para encerrar a nossa visita a Ouro Preto, fomos conhecer a Feira de Artesanato em Pedra Sabão. Na feira são vendidos artesanatos feitos em pedra sabão, como tabuleiros de jogos, esculturas, relógios e vasos. Grande parte dos produtos é fabricada no distrito de Santa Rita e alguns processos de acabamento, como a decoração, são feitos em Ouro Preto. A feira fica no Largo do Coimbra em frente à Igreja São Francisco de Assis e da Pousada do Mondego.

Um passeio que não conseguimos fazer, mas que vale muito a pena também é o Passeio de Trem de Ouro Preto a Mariana no Trem da Vale. O Blog Viajante Comum fez esse passeio e o relato está bem bacana.

Nós amamos conhecer Ouro Preto e ficou um gostinho de quero mais. Apesar da nossa viagem ter sido curta conhecemos muitas atrações. Se você tiver mais tempo poderá conhecer muitas outras Igrejas, museus e atrações. Quem sabe voltamos em breve para terminar essa viagem maravilhosa.

QUER SABER MAIS SOBRE MINAS GERAIS?

ONDE COMER EM OURO PRETO

PASSEIO DE TREM DE OURO PRETO A MARIANA

ROTEIRO DE UM DIA EM BELO HORIZONTE

PLANEJE SUA VIAGEM
Hospedagem

Encontre o hotel ideal para sua viagem no Booking.com e garanta o melhor preço na sua hospedagem.
Seguro viagem

Não deixe de fazer o seguro viagem com a Seguros Promo e viaje tranquilo. Utilizando o nosso código promocional (VIVINAVIAGEM5), você ganha 5% de desconto.
Chip Internacional

Fique conectado em toda sua viagem com da EASYSIM4U. Adquira o seu e tenha internet ilimitada em sua viagem.
Passeios/Ingressos

Compre ingressos, passeios, espetáculos, shows, tours e muitas outras experiências com o Get Your Guide
Aluguel de carro

Alugue um carro pela RentCars e faça seu próprio tempo e roteiro na sua viagem.

18 comentários

  1. Ótimo roteiro! Quando fui a Ouro Preto não tive tempo de conhecer a gruta, mas fiquei morrendo de vontade. Deve ser muito interessante.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here