Roteiro de 3 dias em Florença

Florença é uma verdadeira galeria de arte a céu aberto. Tudo nessa linda cidade italiana transpira arte, cultura e história. Além dos museus e galerias de arte, é possível esbarrar com grandes obras pelas ruas e praças da cidade, talvez por esse motivo Florença é conhecida como o berço do Renascimento. Nós estivemos em Florença em junho de 2015 em nossa primeira viagem à Europa e decidimos fazer um roteiro de 3 dias por essa cidade tão especial.

Confira nosso roteiro de 3 dia em Florença

Nossa chegada em Florença foi no final da tarde, viemos de Veneza, pegamos um trem e ao chegar na cidade andamos por cerca de 20 minutos a pé até o nosso hotel. Uma caminhada bem longa para quem está de mala, mas confesso que nem reclamei tanto, porque ao andar pelas ruas de Florença pela primeira vez tudo chama atenção e você fica encantada com a paisagem. Sem contar com o pôr do sol maravilhoso que fazia na nossa chegada.

Ficamos hospedados no Hotel La Scaletta, situado as margens do Rio Arno, localizado entre a Ponte Vecchio e o Palazzo Pitti. O hotel possui um terraço com restaurante e uma vista incrível de toda a cidade, fizemos questão de jantar no hotel no dia de nossa chegada e gostamos muito. Os quartos são amplos e confortáveis, o café da manhã é simples e com boa variedade, o elevador é muito pequeno, em resumo é uma boa hospedagem.

Dia 1: Catedral Duomo, Basílica di San Lorenzo, Palácio Vecchio e Galeria Uffizi

No primeiro dia começamos pela Pizza Del Duomo, a parte principal da cidade. Entramos em uma grande fila para visitar a Catedral Santa Maria Del Fiore, mais conhecida como Duomo de Florença, na época pagamos 21 dólares pelo ingresso. A catedral é lindíssima por fora, impossível ficar indiferente a tamanha beleza. Por dentro ela não é tão bonita assim, mas vale a pena a visita.

Uma dica importante para quem deseja fazer a visita por dentro é a vestimenta, algumas roupas não são permitidas e realmente as pessoas são impedidas de entrar na Igreja. Ainda na Duomo, descemos até a cripta onde estão as ruínas de uma Igreja antiga, que existia naquele local, além das plantas da construção da Catedral Duomo de Florença.

Depois fomos caminhando até a Basílica di San Lorenzo, que durante muito tempo foi a Catedral de Florença, a Igreja mais importante da cidade até ser substituída pela Igreja de Santa Reparata e, em seguida, pela atual Catedral de Santa Maria del Fiore. Ela está localizada bem ao lado do animado mercado de San Lorenzo, a poucos passos do Duomo e do Batistério.

Aproveitamos que estávamos próximos ao Mercado de San Lorenzo e almoçamos por ali mesmo. Escolhemos o Mercado Centrale, um lugar muito movimentado e com muitas opções para lanches e refeições. Eu adoro esses tipos de marcado e amei conhecer mais esse.

Depois do almoço, partimos para a Piazza della Signoria onde fica o Palácio Vecchio. Uma linda construção em pedra, que hoje abriga a prefeitura de Florença. Na frente do Palácio Vecchio uma réplica da famosa obra de arte David de Michelangelo.

Do lado direito do Palácio Vecchio, está localizada a Loggia dei Lanzi, um espaço coberto que abriga diversas esculturas belíssimas.

Ainda na Piazza Della Signoria, visitamos a Galeria Uffizi, o museu mais importante de Florença. Pagamos 26 dólares pelo ingresso comprando antecipadamente pelo site no Brasil com hora marcada (em nossa opinião é muito importante a compra antecipada para evitar as grandes filas nas principais atrações da cidade). É um lugar repleto de obras de arte importantes, estátuas e monumentos, é possível encontrar obras de artistas como Botticelli, Leonardo da Vinci e outros.

Dia 2: Torre de Pisa, Galeria dell’Academia, Palazzo Pitti, Piazza Michelangelo e Jardim das Rosas

Reservamos a manhã do nosso segundo dia em Florença para fazer um bate e volta a Pisa. Pegamos um trem que nos levou até a Estação de trem Pisa Centrale, levamos aproximadamente 1 hora de viagem. Depois fomos caminhando, seguindo pela Via Francesco Crispi até a Torre por aproximadamente 20 minutos. Quer saber mais sobre esse passeio? PISA UM BATE E VOLTA A PARTIR DE FLORENÇA

Na volta de Pisa, fomos visitar a Galeria dell’Academia, onde fica a estátua original David de Michelangelo. Como já estávamos com os vouchers dos ingressos, que compramos online, trocamos no local e, na hora marcada, entramos imediatamente, passando na frente das pessoas que formavam uma fila razoável. Logo na entrada me deparei com a famosa escultura David, uma das obras mais famosas de Michelangelo, fiquei encantada com a grandeza desse artista, a escultura realmente é belíssima.

Depois fomos conhecer o Palazzo Pitti, antiga residência dos grão-duques da Toscana e, posteriormente, do rei da Itália, é hoje um complexo de parques, museus e exposições.

O Palazzo Pitti o maior palácio da cidade com mais de 200 metros de comprimento, o local apresenta belas obras de arte, objetos que pertenceram aos Médici e também um belo jardim renascentista, o Giardino di Boboli.

Continuando a nossa andança para conhecer todos os detalhes de Florença, seguimos para a Piazza de Michelangelo, onde se tem a vista mais bonita de Florença, de lá é possível ver toda a cidade, importante destacar que existe uma réplica da obra David de Michelangelo na praça.

Aproveitamos para apreciar o Jardim das Rosas, um lugar lindíssimo, com muitas rosas, que fica ao lado da Piazza de Michelangelo.

Dia 3: Igreja Santa Croce, Mercado Nuovo, Piazza della República e Ponte Vecchio

Em nosso último dia em Florença, começamos visitando a Igreja Santa Croce, que é a principal Igreja Franciscana da cidade e uma das principais basílicas da Igreja Católica no mundo. Sua fama atual é por abrigar os túmulos de algumas personalidades italianas (Galileo Galilei e Michelangelo).

Antes de nos despedirmos de Florença, passamos em alguns dos principais pontos da cidade e que visitamos em todos os dias da nossa estadia por lá, que são o Mercado Nuovo, a Piazza della República e a Ponte Vecchio.

O Mercado Nuovo foi criado no século XVI e é conhecido pelos fiorentinos como “Il Porcellino”, por causa da estátua de bronze em formato de javali que está exposta no local. Reza a lenda que se você esfregar o nariz dele voltará a Florença.

A Piazza della República é uma das áreas mais nobres de Florença e é considerada o coração da cidade. A estrutura vista atualmente foi construída sobre os restos demolidos do antigo centro e remonta aos anos em que Florença era a capital da Itália.

Um dos cartões postais de Florença, a Ponte Vecchio é uma ponte em forma de arco medieval sobre o Rio Arno, famosa por ter muitas joalherias sobre ela. É a ponte mais antiga da cidade, muito bonita e fica ainda mais linda ao entardecer, vislumbrar o pôr do sol da ponte é inesquecível. Passamos pela ponte diversas vezes e tiramos muitas fotos.

Por fim, nós adoramos conhecer Florença, uma cidade rica em atrações culturais e artes. Em três dias podemos aproveitar muito dessa cidade linda.

Se quiser saber mais sobre outros destinos da Itália, acesse:

ROTEIRO DE DOIS DIAS EM VENEZA

PISA UM BATE E VOLTA A PARTIR DE FLORENÇA

# PARA FACILITAR A SUA VIAGEM #

- Encontro o hotel ideal para sua viagem no Booking.com e garanta o melhor preço na sua hospedagem.

- Não deixe de fazer o seguro viagem com a Seguros Promo e viaje tranquilo. Utilizando o nosso código promocional (VIVINAVIAGEM5), você ganha 5% de desconto.

- Alugue um carro pela RentCars e faça seu próprio tempo e roteiro na sua viagem.

- Fique conectado em toda sua viagem com da EASYSIM4U. Adquira o seu aqui e tenha internet ilimitada em sua viagem.

Anteriores

Onde comer em Santiago

Próximo

Congonhas: A Cidade dos Profetas

12 Comentários

  1. Adorei seu roteiro, me deu uma vontade louca de voltar pra lá agora! A Itália é linda, não?

  2. Tenho muita vontade de ir a Florença, desde que fiz investigação para a minha dissertação de mestrado, sobre Capitais Europeias da Cultura. Atenas e Florença foram as 2 primeiras cidades a organizarem o evento, por causa da sua conotação como o berço do renascimento. Um dia estarei extasiada, perante esse maravilhoso David.
    Abraço

  3. Florença foi uma cidade que me emocionou demais…fiquei 4 dias lá, sendo 2 dedicados à cidade…o ideal teria sido ficar 3, principalmente para quem adora museus e cultura de forma geral!

  4. Preciso muito conhecer essa região da Itália, gostaria muito de ver a estátua de David.

  5. Que vista bacana a do rooftop do hotel em que ficaram hein. Florença é realmente fora de série. Cidade linda e com muitas atrações.

  6. Firenze é uma cidade que mora em meu coração. A visitei 2 vezes e preciso voltar, pois acabei deixando muita coisa para tràs! Diria que 1 semana é o mìnimo para quem realmente quer explorar essa cidade encantadora!
    😉

Deixe uma resposta

vivinaviagem © Copyright 2016 - Todos os direito reservados & Tema por Pontowebsites

Please wait...

Subscribe to our newsletter

Want to be notified when our article is published? Enter your email address and name below to be the first to know.